Apresentação do Senhor

Queridos irmãos e irmãs:

A liturgia da palavra deste domingo, o domingo da Apresentação do Senhor.  Vem apresentar uma tradição, uma tradição religiosa, então é uma festa onde Jesus Ele é apresentado no templo. Porque se tinha costume de toda criança ser apresentada diante do Senhor no tempo então tá aqui:

“Todo primogênito do sexo masculino.
Deve ser consagrado ao Senhor, conforme a Lei do Senhor.”

Então o que José e Maria estão fazendo. É cumprindo
um preceito religioso. É bonito quando as famílias fazem nos dias atuais de trazerem seus filhos para apresentar na missa a comunidade. Isso é um gesto que está muito ligado ao que nós estamos celebrando neste domingo. Então aqui nós temos Maria e José cumprindo um preceito religioso e ao mesmo tempo quando eles cumprem o preceito religioso. Que a criança é apresentada no templo se revela. Através da apresentação quem e Jesus Cristo? Então através do apresentar a criança o próprio Simeão, ele é tocado por Deus. E aí ele faz uma das mais belas orações:

“Agora senhor, conforme a tua promessa, pode deixar o teu servo partir em paz, porque os meus olhos viram a tua salvação, que prepara-te diante de todos os povos, luz para iluminar todas as nações e glória de teu povo de Israel.”

Então Simeão numa simples oração. Ele consegue sintetizar que criança é aquela que está sendo apresentada naquele momento. Que está cumprindo um preceito religioso, ele sabia que estava Diante do Senhor,
Luz das Nações é por isso que hoje a liturgia, ela sugere que tenha também a benção das velas. Em muitas paróquias se faz também a benção das velas. Onde cada um é chamado a ser portador da Luz, que é Cristo. A luz que é /reconhecida pelo profeta Simeão, a luz também que reconhecida pela profetisa Ana.

Então nós temos na festa da apresentação do Senhor esses dois grandes momentos: o Comprimento de uma tradição religiosa e o reconhecimento de quem é o Jesus Cristo? Quem é Jesus Cristo através da fé de Simeão e da Fé de Ana? Ambos estavam diante do Salvador. Ambos estavam diante do dominador. Tão falado na profecia de Malaquias. Que nós acabamos ouvindo a primeira leitura. Agora é bom salientar. O que é dominado, aqui não é aquele que oprime. Dominador e aquele que está para conduzir o povo e o dominar não é oprimir, mas é libertar. Então Malaquias nós temos isso na primeira leitura. Malaquias já tomado do senhor esse é muito próprio do profeta O Profeta como que já foi falado várias vezes. O que o profeta não é vidente, mas profeta é o homem de Deus. É aquele que está intimamente ligado ao Senhor e fala em nome do Senhor. Através de uma vida realmente centrada na palavra, centrada em Deus. Então a primeira leitura, olha para frente e já apresenta. O que nós acabamos de ler no evangelho. Já é Malaquias falando da apresentação daquele que seria o dominador, daquele que viria para restaurar a humanidade. É Cristo está aí, para restaurar a humanidade. Que Cristo está presente no meio de nós para ser luz.

 Agora eu preciso permitir que Ele seja luz em minha vida. Eu preciso romper com os grilhões que me aprisionam, com aquilo que me afastam do Senhor. Então na festa da apresentação do Senhor a comunidade também é convidada a fazer o exame de consciência. Será que Cristo está sendo luz na minha vida e eu como cristão católico, batizado, missionário porque o batizado é também é missionário. Batizado e enviados em missão. É o que papa Francisco está de forma incansável dizendo. É o que igreja é na sua essência Missionária então vivendo o nosso batismo: Será que nós estamos realmente nos colocando a serviço de Cristo, Luz das nações e através dessa luz estamos iluminando a vida de tantos irmãos e irmãs que se encontram em meio às Trevas. Tem pessoas que ainda não experimentaram a luz de Cristo. Por diversos motivos. Nós como os cristões católicos missionários. Batizados. Enviados em missão. Precisamos em comunhão com a palavra. Precisamos em comunhão com a liturgia da apresentação do Senhor, sermos também luz na vida daqueles que tanto precisam da luz de Cristo.

 Que o Senhor nos abençoe nesta noite. Que o Senhor possa continuar se apresentando no meio de nós. Que a oração de Simeão também seja nossa oração. Pode Senhor deixar o Seu servo partir em paz. Porque meus olhos viram a tua salvação. Que o Senhor seja luz nos nossos olhos que o Senhor possa nos guiar. Sempre mais no bom caminho. O que é o caminho da Justiça da Paz e do amor que assim seja! Amém.

Santo Antônio:
Rogai por nós!

Sobre Edgar Maia

Verifique Também

24º Domingo do Tempo Comum- Santa Missa às 9:30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *