O DÍZIMO COMO FRUTO DE UMA DECISÃO

O DÍZIMO COMO FRUTO DE UMA DECISÃO

O Dízimo é fruto de uma decisão amadurecida pela reflexão. Uma decisão que persiste enquanto for alimentada e renovada pela fé. Ninguém dá o que não tem, por isso a generosidade aliada ao senso de gratidão deve estar enraizada no coração do cristão que se dispõe a ser dizimista.
Como compromisso moral, a contribuição com o dízimo também nasce de uma decisão pessoal que exprime a pertença efetiva á igreja vivida em uma comunidade concreta. A contribuição que se faz por meio dele é uma manifestação autêntica e espontânea da fé em Deus e da comunhão e participação na vida da Igreja e em sua missão. Por isso, ele se diferencia do simples cumprimento de uma lei e se situa no plano da decisão de consciência iluminada pela fé. (DOC. nº 106 da CNNBB)
FAÇAM A EXPERIÊNCIA!
PARTICIPEM!

 

Sobre Maria Luiza Silveira Pires

Verifique Também

Entrega de cestas básicas

Ontem (21), foram entregues essas cestas básicas para a cúria e em nome da paróquia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *